PRIMADO 07 COVAS DO BRASIL -  TEMPLO DE UMBANDA

"A verdade só está disponível para os despertos no espírito" (Sr. Exu 07 Covas)

"Eu não vim pra esclarecer, eu vim pra confundir". (Exu Mirim Tata Caveirinha)





"A vida é uma pergunta que você tem que responder". (Sr. Malandro Camisa Preta)





"Quando a vida está ruim, o Rosário é um simbolo que nos indica como buscar ajuda" (Pai Antonio de Angola).





"“Lá no sertão eu aprendi que a seca, a fome e a miséria não podem ser usadas para questionar a justiça divina, afinal, foi o homem quem maltratou a natureza, quem não repartiu o pão, quem maltratou uns aos outros” (Sr. Baiano Zé do Coco)






“A vida é alegre? A vida é triste? A vida é o que você é”. (Sr. Martim Pescador)
Textos

LADO EXTERNO E INTERNO DA UMBANDA: DUAS “VERDADES” E UMA MENTIRA


 
A Umbanda tem dois lados, o externo e o interno. Quem está do lado externo carrega muitos preconceitos e resistências em relação a Umbanda, pois só “conhece” a religião de ouvir falar, e não de vivencia-la. É nesse contexto que se ouve falar as mais pervertidas aberrações sobre o que supostamente acontece dentro de um terreiro de Umbanda, tais como trabalhos que supostamente envolvem mutilações, ingestão de sangue, práticas sexuais, dentre outras coisas sem sentido algum. Não posso deixar de registrar que é muito comum ouvir isso dos cristãos-protestantes, conhecidos popularmente como evangélicos, que acham que defender a sua fé é atacar a dos outros. É a conhecida demonização da religião alheia.
 
Do lado interno da verdadeira Umbanda, as coisas são diferentes, aliás, muito diferentes do imaginário ignorante daqueles que estão do lado de fora, munidos de preconceitos, ódio e discursos violentos. Encontramos dentro dos portões da Umbanda um ambiente de amor fraternal, onde o que importa é ajudar o próximo a partir do princípio da caridade. Além do amor fraterno, encontramos diretrizes e virtudes altamente elevadas, tais como o exercício da fé, a mudança por meio da humildade, a esperança por meio da transformação espiritual moral e íntima, dentre outras. Como se vê, a uma diferença enorme sobre o que é Umbanda nas perspectivas externas e internas.
 
Quem está fora replica o preconceito e ignorância daqueles que nunca se dignaram a pisar num terreiro, a conhecer a doutrina, a vivenciar as práticas, a participar dos rituais da religião. Replicam a teoria daqueles que esbravejam em cima de púlpitos evangélicos, ou mesmo em centros nada espíritas onde se prega (ilusoriamente) uma suposta superioridade dos mentores de lá. Há momentos em que esse discurso imbecil, ignorante e preconceituoso cansa, e por isso não nos furtamos de dizer: “basta!”. Enquanto a ignorância conduzir aqueles que se acham tão próximos de deus (com letra minúscula mesmo) que não conseguem entender a realidade diversa do seu irmão, estaremos a mercê da violência, da agressividade, do desrespeito.
 
O único caminho é repensarmos o nosso pensamento em relação a religiosidade alheia, e não nos deixarmos levar por teorias vazias e desprovidas de lógica e racionalidade como as que se espalham a torto e a direito por ambientes não tão sagrados assim. Como disse certa vez o Sr. Malandro Miguel Camisa Preta, que trabalha em nossa casa, “a melhor espiritualidade que existe é a sua. Cuide dela e deixe a dos outros em paz”.
 
PAI JADER DE XANGÔ – SACERDOTE DE UMBANDA E DIRIGENTE DO PRIMADO 07 COVAS DO BRASIL – TEMPLO ESCOLA DE UMBANDA
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Primado Sete Covas do Brasil Templo de Umbanda
Enviado por Primado Sete Covas do Brasil Templo de Umbanda em 14/09/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras