A série de jogos Crash tem uma enorme base de fãs que cresce a cada dia. E não é difícil entender o porquê. A jogabilidade é excelente e os personagens são muito divertidos. Uma das coisas mais interessantes sobre a série é que ela começou como uma tentativa de criar um personagem para concorrer com o Mario da Nintendo. Mas a história por trás do desenvolvimento do primeiro jogo Crash é um pouco complicada.

A empresa Naughty Dog tentou lançar vários jogos sem muito sucesso, mas isso mudou em 1996, com o primeiro jogo Crash Bandicoot. O jogo foi um sucesso instantâneo, graças à sua jogabilidade rápida, personagens engraçados e história envolvente. A Naughty Dog conseguiu criar um personagem icônico que seria um dos maiores embaixadores do PlayStation.

Naquela época, a Naughty Dog estava enfrentando um grande desafio: criar um personagem que pudesse competir com o Mario e com a Sega. Para isso, eles criaram um personagem que tinha uma jogabilidade nova e diferente, com um tema de selva australiana e uma história envolvendo um vilão malvado chamado Dr. Neo Cortex.

O jogo foi um sucesso inesperado, sendo vendido em mais de seis milhões de cópias ao redor do mundo. A partir daí, a série de jogos Crash foi crescendo exponencialmente. Em 1997, foi lançado o segundo jogo, Crash Bandicoot 2: Cortex Strikes Back. Este jogo foi lançado para o mesmo público que adorou o primeiro jogo, mas com melhorias significativas. Além disso, a inclusão do personagem de polar ajudou a adicionar humor ao jogo e o tornou ainda mais popular.

Em 1998, foi lançado o terceiro jogo, Crash Bandicoot: Warped. Este jogo foi o último criado pela Naughty Dog, mas ainda é considerado um dos melhores. Os personagens adicionais, como Coco Bandicoot e Pura, ajudaram a mudar a dinâmica do jogo.

Após os três primeiros jogos, a Naughty Dog passou a responsabilidade de desenvolver a série para outra empresa. Eles escolheram a Vicarious Visions para continuar a série.

A próxima versão da série foi lançada em 2001, com o jogo Crash Bandicoot: The Wrath of Cortex. O jogo tinha a mesma jogabilidade dos jogos anteriores, mas a história foi adaptada de uma forma incomum. O vilão principal, Dr. Neo Cortex, era ajudado por outras versões do Crash, mas o jogo ainda era bem legal.

Em 2004, a série ressurgiu com uma nova empresa, Traveller's Tales. O jogo Crash Twinsanity foi lançado pela primeira vez neste ano. Ele tem uma jogabilidade única, combinando elementos clássicos com uma história engraçada. O jogo foi muito bem recebido por fãs da série e pelo público em geral.

Em 2005, a série de jogos Crash mais uma vez mudou de desenvolvedora, desta vez com a Sierra Entertainment. Eles lançaram um jogo chamado Crash Tag Team Racing. Este jogo não foi tão bem recebido quanto seus predecessores, mas ainda havia muita diversão.

Em 2007, o último jogo da série Crash foi lançado. Foi chamado Crash of the Titans e foi um jogo de plataforma em terceira pessoa muito divertido. A jogabilidade era boa, mas a história poderia ter sido melhor.

Em resumo, a série de jogos Crash teve sua componente de sucesso em seus primeiros três jogos com a Naughty Dog. Os próximos jogos entregues por outras empresas não foram tão bem recebidos, mas a série continua a atrair novos fãs de todas as idades. Com um remake dos jogos originais lançados recentemente, a série Crash continua a ser uma fonte de diversão para os jogadores de todas as idades.