Desde que foi solto, no final de 2019, Luiz Inácio Lula da Silva se tornou uma das principais figuras políticas do Brasil novamente. Lula, como é conhecido popularmente, é um dos mais importantes e influentes líderes políticos da história do país, tendo sido presidente da República por dois mandatos consecutivos. Sua presença no cenário político nacional tem levantado a questão: Lula ainda é o favorito nas eleições presidenciais de 2022?

Lula foi condenado em primeira e segunda instância em um processo relacionado à Operação Lava Jato, iniciada em 2014 pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal. Ele ficou preso por um ano e sete meses, mas foi solto depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) mudou seu entendimento sobre prisão em segunda instância. Desde então, ele vem sendo considerado um forte concorrente para as eleições presidenciais de 2022.

No entanto, a situação de Lula é bastante ambígua. Embora muitos brasileiros ainda o considerem um líder político importante e respeitado, sua imagem foi seriamente prejudicada por sua condenação por corrupção. Além disso, existem várias outras questões que ainda podem afetar sua candidatura.

Uma delas é a sua idade. Lula tem 76 anos de idade, o que pode não ser um fator decisivo, mas certamente é importante para os eleitores. Além disso, sua saúde tem sido frequentemente questionada, com relatos de problemas cardíacos e outros problemas relacionados à idade.

Outra questão que pode afetar a candidatura de Lula é a mudança no cenário político no Brasil nos últimos anos. O país passou por uma séria crise política e econômica, que culminou com o impeachment da então presidente Dilma Rousseff, sucessora de Lula. Desde então, a extrema-direita tem ganhado espaço no cenário político brasileiro, com a eleição de Jair Bolsonaro em 2018. Isso pode levar a uma maior polarização nas eleições, o que pode prejudicar a candidatura de Lula.

No entanto, ainda existem vários fatores que podem favorecer a candidatura de Lula. Ele ainda é muito popular em alguns setores da sociedade brasileira, especialmente entre os mais pobres. Ele foi responsável por vários programas sociais importantes durante seu mandato, como o Programa Bolsa Família e o Minha Casa Minha Vida, que ajudaram a reduzir a pobreza no país.

Além disso, ele tem sido muito vocal em suas críticas a Bolsonaro e ao governo atual, o que pode ajudar a consolidar seu eleitorado. Ele também tem contado com o apoio de alguns partidos políticos importantes, como o PT e o PCdoB.

No entanto, a candidatura de Lula ainda é incerta e deve passar por muitos obstáculos antes das eleições de 2022. Ele enfrenta uma forte oposição da extrema-direita e de outros setores da sociedade brasileira, além de ter que lidar com as críticas relacionadas à corrupção. Ainda assim, sua presença no cenário político brasileiro é inegável e sua candidatura certamente será um dos grandes temas das eleições presidenciais de 2022 no Brasil.